Andre Dusek/Estadão
Andre Dusek/Estadão

Valdemar Costa Neto informa à Justiça trabalho como gerente do PR

Condenado no mensalão trabalha no partido do qual já foi presidente

BEATRIZ BULLA, O Estado de S. Paulo

13 Fevereiro 2015 | 21h17

Brasília - O ex-deputado Valdemar Costa Neto, condenado no processo do mensalão, informou à Justiça que exerce o trabalho de gerente administrativo no Partido da República (PR) desde novembro do ano passado.

A certidão que informa o trabalho do ex-deputado é assinada pelo tesoureiro nacional do partido, Jucivaldo Salazar Pereira. Os documentos foram encaminhados nesta sexta-feira, 12, pela Vara de Execuções das Penas e Medidas Alternativas do Distrito Federal ao ministro Luís Roberto Barroso, relator do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF).

Condenado a sete anos e dez meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Costa Neto progrediu de regime e passou a cumprir prisão domiciliar no dia 11 de novembro de 2014.

Mais conteúdo sobre:
mensalãoValdemar Costa NetoPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.