Vaccarezza evita comentar críticas de Ciro

Líder do governo na Câmara evitou comentar comparação entre Dilma e Serra

RODRIGO PETRY, Agência Estado

24 de abril de 2010 | 15h10

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP) evitou hoje comentar as críticas do deputado Ciro Gomes (PSB-CE) ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua afirmação de que o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, é mais preparado do que a pré-candidata do PT, Dilma Rousseff, para enfrentar uma eventual crise. Ciro falou na última sexta-feira após sua candidatura à Presidência pelo PSB ser praticamente descartada pelo partido.

"Não vamos polemizar com o Ciro, nós queremos que o PSB faça parte do amplo palanque da Dilma", disse o deputado, mantendo a orientação do PT de evitar confronto, ao final do 17º Encontro Estadual do PT, que aprovou as pré-candidaturas de Aloizio Mercadante ao governo de São Paulo, e de Marta Suplicy ao Senado. Mesmo assim, Vaccarezza afirmou que "as declarações são de responsabilidade dele (Ciro)".

Em defesa da ex-ministra da Casa Civil, disse que Dilma Rousseff "é a única candidata capaz de consolidar os avanços econômico-sociais do governo de Luiz Inácio Lula da Silva".

 

Leia mais:

Ciro terá empenho 'muito discreto' na campanha de Dilma

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010PTVaccarezzaCiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.