Andre Dusek/AE
Andre Dusek/AE

Vaccarezza diz que Lupi 'é um homem honesto'

Líder do governo na Câmara nega que tenha sido discutido demissão do ministro em reunião

EDUARDO BRESCIANI, Agência Estado

16 de novembro de 2011 | 19h27

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), saiu em defesa do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, acusado de ter mentido em depoimento no Congresso no qual negou ter viajado em avião bancado por Adair Meira, diretor de ONGs com contratos com a pasta. Vaccarezza disse ter participado de uma reunião de cerca de duas horas com a presidente Dilma Rousseff e não ter ouvido qualquer menção a uma possível saída de Lupi.

"Durante a reunião, não ouvi o nome do Lupi, então o Lupi é ministro e eu tenho ele na conta de um homem honesto", disse Vaccarezza. Questionado sobre as contradições do ministro, Vaccarezza afirmou que a foto de Lupi ao lado de Meira não é suficiente para desmontar a versão. "É possível que tenha fotografia minha ao lado de uma pessoa que não sei quem é", disse. Perguntado, porém, se não era estranho o ministro ter dito não ter viajado em um King Air com Meira e fotos e vídeos mostrarem o contrário, o líder do governo limitou-se a dizer que cabe a Lupi "esclarecer o caso".

Tudo o que sabemos sobre:
LupidenúnciasVaccarezza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.