Vaccarezza diz que Dilma está bem de saúde

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse hoje que a presidente Dilma Rousseff está bem de saúde e que a recuperação da pneumonia foi o motivo do cancelamento da viagem ao Paraguai que ela faria neste domingo. "Ela está bem, ela teve uma pneumonia", disse, após participar de evento na capital paulista. "Esse foi o motivo do cancelamento da viagem ao Paraguai."

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

13 de maio de 2011 | 13h48

A assessoria de imprensa da Presidência da República informou ontem que a presidente não viajará por recomendação médica. O líder do governo ressaltou que a presidente é transparente em relação a doenças. "A presidente é muito transparente. Quando ela teve um câncer e foi tratar, ela disse que teve um câncer, foi se tratar e ficou bem", afirmou. "Agora ela teve uma pneumonia e disse que estava com uma pneumonia. Por isso reduziu a carga de trabalho."

Hoje também, o vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou que Dilma cancelou viagem por recomendação médica e que não há motivos para preocupação. "Eu disse a ela que ela está com uma aparência muito boa, mas que tem de descansar", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.