Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Manobras do Congresso sobre pacote anticorrupção geram panelaço

São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia, Belo Horizonte e Brasília tiveram protestos, os primeiros do tipo no governo Temer

André Ítalo Rocha, O Estado de S. Paulo

30 de novembro de 2016 | 21h20

Moradores de ao menos cinco cidades fizeram um panelaço na noite desta quarta-feira, 30, motivado pelas manobras do Congresso Nacional em relação ao pacote anticorrupção. Com a hashtag #panelaço, os tweets se concentram nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, alguns com registros em vídeos. Goiânia, Belo Horizonte e Brasília também tiveram manifestações.

A manobra de Renan poderia resultar em uma votação inesperada ainda na noite desta quarta-feira das medidas que foram alteradas pelos deputados – e criticadas ao longo do dia pelo Ministério Público e associações de magistrados. O pedido, no entanto, foi rejeitado em votação realizada entre os senadores.

Em São Paulo, as panelas puderam ser ouvidas em Higienópolis, Santa Cecília e Perdizes, além de bairros da zona Sul não especificados pelos usuários do Twitter. No Rio, as publicações relatam panelaço na Tijuca, Gávea, outros bairros da zona Sul da cidade, além de Niterói, na região metropolitana.

Outros usuários chegaram a dizer que o protesto é favorável à continuação da Operação Lava Jato e contra o presidente Michel Temer. "Esquerda e direita mais unidas do que nunca", escreveu Léo Brossa, do Rio de Janeiro. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.