USP e Instituto Palavra Aberta fazem seminário sobre liberdade de expressão

Evento pretende discutir temas como intolerância, pluralidade, censura, conflitos, polêmicas e os atentados, como o ocorrido com o periódico Charlie Hebdo, na França

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

30 de março de 2015 | 20h14

SÃO PAULO - A Universidade de São Paulo (USP) e o Instituto Palavra Aberta organizaram um seminário que vai debater a prática da liberdade de expressão nos dias atuais. O evento contará com mesas de discussão e a apresentação de trabalhos acadêmicos sobre o tema selecionados pelos organizadores. 

Temas como intolerância, pluralidade, censura, conflitos, polêmicas e os atentados, como o ocorrido com o periódico Charlie Hebdo, na França, estão na pauta do seminário batizado de "2015: Liberdade de expressão e seus limites. O evento está marcado para os dias 21 e 22 de maio, em São Paulo, e também contará com a participação especialistas, pesquisadores, acadêmicos e convidados para as mesas de debate. 

A USP e o Instituto Palavra Aberta já abriram as inscrições aos interessadas em participar do evento. Informações para inscrições de trabalhos no site www.obcom-usp.com.br. A participação é gratuita e haverá certificados. 

Os organizadores aceitarão trabalhos individuais ou em coautoria, feitos por professores, pesquisadores, estudantes, agentes culturais, ou representantes de entidades governamentais, privadas e terceiro setor. É necessário que o trabalho contenha título, resumo de até 4 mil caracteres com espaço, bibliográfica e minicurrículo do autor. O prazo para quem for participar é até o dia 15 de abril. A lista de trabalhos selecionados será divulgada no dia 30 de abril e os autores serão informados via e-mail. 

Tudo o que sabemos sobre:
Instituto Palavra AbertaUSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.