Uruguai combate contrabando na fronteira brasileira

O governo do Uruguai tomou hoje o controle da empresa Zona Franca de Rivera, localizada na fronteira com o Brasil, após encontrar provas de que ali funciona um centro de contrabando e outros delitos, que as autoridades uruguaias não revelaram. Investigações estão sendo feitas sobre as atividades de funcionários do governo que trabalham naquela Zona Franca de comércio, e detenções podem ocorrer nos próximos dias. Vários funcionários e outras pessoas envolvidas já fugiram e estão sendo procuradas pelas autoridades. Estas informações também foram publicadas hoje no jornal espanhol El País. A partir de amanhã, a Zona Franca de Rivera estará sendo dirigida por funcionários especiais designados pelo Ministério de Economia. Esta é a primeira vez que o governo do Uruguai toma conta diretamente da Zona Franca de Rivera. A Agência Associated Press ainda confirmou que estas investigações de agora fazem parte de um amplo trabalho que o governo do Uruguai iniciou em 2000 para acabar com o contrabando no país. Até o momento esta ação das autoridades uruguais conseguiu apreender alguns milhões de dólares em equipamentos e prender os responsáveis e cúmplice.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.