Urgência para reajuste da tabela do IR será votada hoje

O líder do PFL na Câmara, deputado Inocêncio Oliveira (PE), disse que a Câmara vota hoje a urgência para o projeto que reajusta a tabela de descontos do Imposto de Renda da Pessoa Física, e amanhã já vota a alíquota de 17,5%. Segundo Inocêncio, o PFL não aceita fazer vinculação entre a tabela do IRPF e o salário mínimo. "A melhor forma de distribuir renda neste País é aumentar o mínimo para R$ 200", disse o líder. Ele não aceita, tampouco, o argumento de que não há recursos para custear o reajuste do mínimo. "Fontes existem para todo lado, a começar da subestimação da receita e da possibilidade de cortes de custeio na máquina governamental", argumentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.