Universidades em greve vão repor aulas nas férias

O ministro da Educação Paulo Renato Souza, garantiu esta manhã que o semestre dos estudantes que estão sem aulas por causa da greve dos professores, não está perdido. Segundo ele, os alunos devem ficar sem férias mas conseguirão recuperar o semestre. Paulo Renato disse que acredita que o desfecho para essa greve, que completa hoje três meses, está próximo, apesar de o governo ter descumprido a determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de liberar os salários dos servidores em greve.Na opinião do ministro, a decisão do presidente Fernando Henrique Cardoso não provoca crise entre o Executivo e o Judiciário. Ele afirmou ainda que agora a questão do pagamento já não diz mais respeito ao Ministério da Educação. "O problema, agora, foge do Ministério, mas espero que tenha um fim até a semana que vem", afirmou.Paulo Renato participa hoje, em São Paulo, da assinatura de 186 convênios do Programa Nacional de Transporte do Escolar com Prefeituras e Organizações Não Governamentais para compra de veículos para transportes de alunos para escolas públicas de ensino fundamental.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.