Unicamp proíbe tesouras no trote

Objetos afiados, como tesouras, giletes e máquinas de cortar cabelo estão proibidos na recepção aos calouros marcada para amanhã na Unicamp. A medida, em vigor desde o ano passado, tem como objetivo evitar abusos que possam comprometer a integridade física dos novatos. Segundo o reitor Hermano Tavares, quem não seguir as regras estará sujeito a punições, que vão desde de advertência verbal a expulsão. O reitor também determinou que os veteranos respeitem o direito dos calouros em não participar das tradicionais brincadeiras. A fiscalização ficará a cargo de cada unidade, onde os calouros deverão efetuar as matrículas. No ano passado, as normas anunciadas pela reitoria surtiram efeito. A universidade não registrou nenhum incidente envolvendo veteranos e calouros. Esse ano, a universidade receberá 2.400 novos estudantes, que iniciam as aulas em 5 de março. Os classificados na primeira listas de aprovados têm apenas amanhã, das 09 às 13, horas para efetuar a matrícula no câmpus da instituição, em Campinas. Os relacionados na primeira lista de espera também deverão comparecer amanhã para confirmar o interesse pela vaga. Após a confirmação, estes candidatos deverão retornar, no mesmo dia, às 17 horas, para efetivação da matrícula, desde que existam vagas não preenchidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.