União Européia autoriza importação de milho da Monsanto

A Comissão Européia, braço executivo da União Européia (UE), autorizou a importação de um tipo de milho transgênico Roundup Ready, desenvolvido pela Monsanto. O milho é resistente ao herbicida que leva o mesmo nome e só poderá ser usado para fins industriais ou na fabricação de ração. A autorização é válida por dez anos. O cultivo do grão continua proibido na UE.A Comissão deve decidir daqui a alguns meses sobre a comercialização de milho transgênico para consumo humano. A comissária de Meio Ambiente do bloco, Margot Wallstrom, disse que o produto autorizado hoje passou por um "rigoroso" estudo de risco. "A Autoridade Européia de Segurança Alimentar assegurou cientificamente que o produto é tão seguro quanto o milho convencional", disse. As empresas que produzirem itens com o milho da Monsanto terão que informar os consumidores que o produto é transgênico.Apesar da autorização de hoje, os governos europeus não chegaram a um consenso sobre produtos geneticamente modificados. No mês passado, ministros de Meio Ambiente do bloco não chegaram a um consenso sobre aprovar ou não as importações do milho transgênico da Monsanto para fins industriais. Em uma reunião realizada hoje, os ministros de Agricultura rejeitaram as importações para consumo humano.De acordo com as regras da UE, se os ministros não chegam a um acordo dentro de um prazo de 90 dias a Comissão Européia resolve a questão. No mês passado, a Comissão já tinha autorizado a importação de uma variedade de milho transgênico da Syngenta depois de outro impasse entre os ministros europeus. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.