Unesco vai investir mais no esporte contra drogas e violência

O trabalho de prevenção da violência e das drogas através da prática de esportes deve receber reforço a partir deste ano. O representante da Unesco no Brasil, Jorge Werthein, afirmou que o fundo pretende ampliar a participação em projetos dessa natureza. Isso, segundo ele, vai refletir-se tanto no aumento dos recursos para os projetos quanto na ampliação dos trabalhos de capacitação de pessoal.No ano passado, a Unesco investiu entre US$ 4 milhões e US$ 5 milhões em projetos brasileiros. Neste ano, os recursos devem ser maiores, prevêWerthein. ?Todas as pesquisas sobre drogas ou a violência praticada por jovens mostram o quanto esses problemas estão relacionados com a falta de espaços de convivência para os jovens?, disseWerthein, depois de se encontrar com o ministro dos Esportes, Agnelo Queiroz.Elogiando as propostas feitas pelo ministro, Werthein afirmou que a Unesco tem intenção de participar de vários projetos. A proposta é ampliar a ação de trabalhos já existentes. Entre eles, o Projeto Abrindo Espaços. No programa, escolas são transformadas nos fins de semana em local de lazer e esportes para a comunidade. O projeto, que hoje atende 500 mil pessoas emseis Estados, funciona com a ajuda de professores e instrutores voluntários. ?A intenção é equipar esses locais de forma que mais pessoas possam ser atendidas.?O representante da Unesco também elogiou a idéia de usar espaços ociosos, como quadras poliesportivas de indústrias ou das Forças Armadas, nos fins de semana para aspessoas carentes. ?Para muitas pessoas, perto de casa não há opção de lazer. Apenasbares?, disse. ?Essas propostas estão de acordo com algo que a Unesco vem pregando há anos.?Werthein disse que convidou o ministro a ir a Paris para conhecer outros integrantesda organização. A viagem, programada para março, poderá ser uma oportunidade para trocade informações e estabelecer contatos que possibilitem novos financiamentos eprojetos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.