Uma holandesa de 113 anos, a pessoa mais velha do mundo

Ela gosta de saborear seu arenque com picles, uma tradicional especialidade do país, todos os dias e, de vez em quando, aprecia uma bebida alcóolica. Nada de excepcional para um holandês normal, não fosse ela a mulher mais velha do mundo. Hendrikje van Andel-Schipper, uma holandesa de 113 anos, acaba de receber esse título, depois que a antiga titular morreu em Porto Rico. Na verdade, Hendrikje, conhecida como Henny, não é apenas a mulher mas a pessoa mais velha e assume o título com a morte de Ramona Trinidad Iglesias Jordan, no sábado, de pneumonia, à idade de 114 anos, confirmou o Los Angeles Gerontology Research Group, que verificou sua idade para o Livro Guinness de Recordes Mundiais.Henny nasceu em Smilde, na Holanda, em 29 de junho de 1890, no mesmo ano de nascimento do presidente americano Dwight D.Eisenhower, a escritora inglesa de romances policiais Agatha Christie e o comediante americano Groucho Marx.Torcedora fanática do time de futebol de Amsterdã, o Ajax, desde que tinha 28 anos, em um encontro com os jogadores, em março, , rindo, revelou o verdadeiro segredo de uma vida longa: ?respirar?.Henny mora num abrigo para idosos na cidade de Hoogeveen e queixou-se, numa entrevista recente, que os outros residentes são ?caipiras que não entendem de futebol.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.