UGT defende consulta para mudar CLT

A União Geral dos Trabalhadores desautorizou o ministro de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger (que já classificou o governo Lula de o mais corrupto da história), a apresentar qualquer proposta que altere parte da CLT, mesmo para facilitar o ingresso de informais no mercado de trabalho. A UGT defende que os trabalhadores sejam consultados antes de qualquer mudança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.