UDR quer CPI para reforma agrária

Com o objetivo de pressionar a Câmara dos Deputados a instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a apurar a aplicação de recursos públicos no programa nacional de reforma agrária, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR) do Pontal do Paranapanema, Almir Soriano, estará amanhã em Brasília participando de encontro com diversas entidades rurais do País na Confederação Nacional da Agricultura. Em nota distribuída hoje, a UDR informa que Soriano está convencido de que existem indícios suficientes para a instalação da CPI, detectados durante as audiências públicas realizadas no ano passado pelo deputado Luiz Carlos Heinze (PPB-RS). As audiências públicas foram realizadas em diversas regiões, inclusive no Pontal do Paranapanema. Durante a reunião de hoje, segundo a nota da UDR, as entidades rurais pretendem agendar uma data para a realização de uma mobilização nacional em favor da CPI. "O povo brasileiro tem o direito de saber onde e como está sendo aplicado o seu dinheiro", disse Soriano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.