Turbina de Uruguaiana volta a operar no domingo

A Usina Termoelétrica Uruguaiana, na fronteira oeste do Rio Grande do Sul, irá colocar em operação no domingo a turbina que pegou fogo ontem, informou hoje a AES Uruguaiana, que opera o empreendimento. A máquina estava em parada programada de manutenção desde o dia 26 de maio. Ontem à noite, por volta de 18h30, houve um incêndio na seção de resfriamento do filtro de ar de admissão da turbina número 1, movida a gás natural. O incêndio no equipamento foi provocado, provavelmente, por uma fagulha decorrente do processo de manutenção do filtro, explicou a AES Uruguaiana, que abriu uma perícia para avaliar as causas. A companhia ressaltou, em nota divulgada hoje, que a usina não interrompeu o fornecimento de energia por causa do acidente. A termoelétrica tem três turbinas e manteve a geração dos 160 megawatts-hora que estavam sendo produzidos desde 26 de maio, quando duas máquinas entraram em parada de manutenção. A diretoria da AES Uruguaiana divulgou ainda que o Corpo de Bombeiros foi acionado automaticamente como parte do Plano de Ação Mútua, assinado entre a usina e o município de Uruguaiana.Com o retorno da segunda máquina geradora a gás no domingo, a usina contará com mais 160 MW, somando 320 MW. Ao longo da semana, a terceira turbina (a vapor) será reativada, informou a empresa, completando a capacidade instalada da termoelétrica, de 600 MW. A AES Uruguaiana integra o grupo norte-americano AES Corporation. No Rio Grande do Sul, a AES Sul, outra companhia do grupo, distribui energia elétrica para 113 municípios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.