Tuma Júnior: primeiro o serviço, depois a fofoca

O secretário Nacional de Justiça saiu no início desta tarde do encontro com o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, para participar da reunião sobre Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (ENASP), com a participação de secretários estaduais de Justiça, representantes do Ministério Público, da Advocacia Geral de União (AGU) e do Poder Judiciário.

RODRIGO RANGEL, Agência Estado

05 Maio 2010 | 15h17

Ao ser perguntado se permanecerá no cargo após as denúncias de envolvimento com um dos chefes da máfia chinesa em São Paulo, Li Kwok Kwen, publicadas hoje no jornal O Estado de S.Paulo, Tuma Júnior evitou responder. "Primeiro o serviço, depois a fofoca", desconversou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.