Tuma confirma para quinta-feira encontro com João Lyra

O corregedor-geral do Senado, senador Romeu Tuma (DEM-SP), confirmou para quinta-feira a conversa com o empresário e ex-deputado João Lyra (PTB-AL). Eles vão falar sobre as empresas de comunicação - duas emissoras de rádio e um jornal - que o ex-parlamentar afirma que manteve com o presidente do Senado, senador Renan Calheiros, em nome de "laranjas" (falsos proprietários). Segundo o corregedor, o encontro será, em princípio, às 16 horas.Tuma disse que, na conversa que teve hoje de manhã com João Lyra, o senador se dispôs a ir a Alagoas para ouví-lo. O senador antecipou que o encontro poderá ser na Assembléia Legislativa do Estado, em Maceió, ou na Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, também na capital, ou em qualquer outro local público, e que caberá a Lyra decidir se o encontro será fechado ou aberto."Será uma investigação preliminar. Ele (Lyra) disse que está disposto a colaborar, porque sabe da necessidade de apuração de todo esse episódio."Segundo Tuma, mesmo que Lyra não tenha documentos, poderá apresentar "''''indícios" que orientem a investigação. "Se não tiver documentos, fica ruim para ele. Mas toda investigação tem indícios, e nisso ele pode colaborar muito", disse o senador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.