Tucanos rebeldes são punidos pela segunda vez

O líder do PSDB na Câmara, Jutahy Júnior (BA), afastou os deputados Osmânio Pereira (MG) e Salvador Zimbaldi (SP) de todas as funções que lhes haviam sido delegadas pela bancada do partido. Motivo foi o apoio ao governo Lula e o desrespeito às orientações da liderança. Os dois deputados já haviam sido afastados, mas foram depois reconduzidos com o compromisso de que passariam a seguir a orientação do partido.Na semana passada, eles se abstiveram na votação de emenda apresentada pelo PSDB à medida provisória do salário mínimo, elevando o valor desse salário dos R$ 240,00 propostos pelo governo e já em vigor, para R$ 252,00. Jutahy Júnior pediu, também, que a Executiva do PSDB peça que a Comissão de Ética do partido analise a situação dos dois parlamentares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.