Tucanos discutem em SP contraproposta para CPMF

Os governadores José Serra, de São Paulo, e Aécio Neves, de Minas Gerais, e o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, reúnem-se hoje no Palácio dos Bandeirantes para discutir a tramitação da PEC que prorroga a CPMF no Senado. Também participam da reunião os líderes da legenda no Senado, Artur Virgilio, e na Câmara, Antonio Carlos Panunzio, além do senador Sergio Guerra (PSDB-PE).O PSDB pretende apresentar ao governo Lula uma contraproposta com relação a esta matéria. Dirigentes tucanos já garantiram que a medida que já foi aprovada em dois turnos na Câmara, não será aprovada no Senado, caso não receba alterações. Ao contrário da posição que vem sendo defendida pelos democratas, que é a não aprovação da prorrogação da CPMF, os tucanos pretendem discutir alternativas de compensação nos entendimentos com o governo federal. Dentre as alternativas em discussão, estão a redução da alíquota da CPMF, e a sua repartição com Estados e municípios. Os tucanos pretendem também resolver finalmente a questão dos créditos de ICMS referentes a Lei Kandir. Os governadores e a cúpula tucana já vêm conversando por telefone sobre este tema praticamente todos os dias. Mas o encontro em São Paulo terá a finalidade de dar um enfoque mais político ao tema. Os tucanos querem mostrar unidade e desta forma pressionar o governo a negociar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.