Tucano quer tirar Fleury do comando CPI do Banespa

A indicação do ex-governador Luiz Antônio Fleury Filho (PTB-SP) para presidir a CPI do Banespa poderá ser anulada. O líder do PSDB na Câmara, deputado Jutahy Júnior (BA), apresentou requerimento em plenário solicitando que seja cumprido o acordo partidário que destinava o cargo ao PSDB. O requerimento, segundo Jutahy Júnior, foi assinado também pelas lideranças do PMDB, PPB e PT. "O Fleury se colocou como candidato avulso, rompendo o acordo", protestou o deputado tucano. A decisão de anular a escolha de Fleury, que recebeu a maioria dos votos na comissão, caberá ao presidente da Câmara, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), disse Jutahy Júnior. No começo da tarde, na votação em segundo turno no âmbito da CPI, Fleury somou 12 votos, contra 2 do tucano Salvador Zimbaldi (PSDB-SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.