Tucano apresenta proposta para regulamentar afastamento de Cunha

A representação de Betinho Gomes (PSDB-PE) foi protocolada no dia 7 de dezembro e precisa ser votada no Conselho. Se aprovada no colegiado, deve ser apreciada pelo plenário da Câmara

Daiene Cardoso e Daniel Carvalho, O Estado de S. Paulo

10 de dezembro de 2015 | 09h20

Brasília - O deputado Betinho Gomes (PSDB-PE), integrante do Conselho de Ética e contrário ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já protocolou um projeto de resolução que regulamenta o afastamento de membro da Mesa Diretora da Casa. A proposta pede que seja afastado o membro da Mesa que tenha contra si representação admitida no Conselho de Ética.

A representação foi protocolada no dia 7 de dezembro e precisa ser votada no Conselho. Se aprovada no colegiado, deve ser apreciada pelo plenário da Câmara.

O presidente do Conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), também prepara uma resolução pedindo a saída de Cunha da presidência da Câmara. Araújo alega que o peemedebista usa o cargo em seu favor. A cúpula do colegiado quer votar a proposta ainda hoje.

O colegiado se reúne nesta manhã para continuar discutindo o caso do peemedebista e tem como item dois da pauta o processo disciplinar contra o líder do PSOL, Chico Alencar (RJ). Araújo deve apresentar aos conselheiros o novo relator do processo de Cunha, o deputado Marcos Rogério (PDT-RO).

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo CunhaPSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.