TSE suspende cassação de senador até publicação de decisão

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu liminar nesta quarta-feira, 18, para suspender a cassação do mandato do senador Expedito Júnior até a publicação do acórdão (decisão) do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO). O senador foi condenado por compra de votos nas eleições de 2006.A suspensão inclui o julgamento do recurso (embargos declaratórios) que ainda poderão ser interpostos por Expedito no tribunal. Na última quinta-feira, 12, o TRE-RO julgou procedente a ação que cassou o mandato do senador.Segundo a acusação, o candidato eleito faria parte de um esquema que contratou funcionários de uma empresa, às vésperas do primeiro turno das eleições de 2006, para trabalhar como ?formiguinhas? (nome dado aos cabos eleitorais em Rondônia). De acordo com os autos do processo, os funcionários teriam recebido R$ 100 cada um, para votar num grupo de candidatos que incluía o Expedito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.