TSE suspende cassação de Geraldo Pudim

O Tribunal Superior Eleitoral deu liminar anteontem que suspende temporariamente a cassação do deputado Geraldo Pudim (PMDB-RJ), acusado de abuso de poder político e possível uso de bens públicos com fins eleitorais, com suposto apoio dos ex-governadores do Rio Rosinha e Anthony Garotinho. O casal Garotinho, declarado inelegível por três anos, não é beneficiado com a liminar porque a inelegibilidade só é executada após o fim do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.