TSE sinaliza que lei Ficha Limpa pode retroagir

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou hoje, por 5 votos a 2, a candidatura de Francisco das Chagas Rodrigues Alves (PSB), que disputa vaga a deputado estadual no Ceará, com base na Lei da Ficha Limpa. O TSE já havia confirmado a validade da lei para as eleições deste ano, mas este foi o primeiro caso concreto julgado pela Corte. Ao rejeitar recurso de Alves, o TSE entende que o Ficha Limpa pode ser aplicada a casos ocorridos antes da aprovação da lei.

CAROL PIRES, Agência Estado

25 de agosto de 2010 | 20h33

Francisco Alves, conhecido como Nenem Itapipoca, foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) por compra de votos na eleição de 2008, quando disputou o cargo de vereador em Itapipoca. Por causa desta condenação ele teve o registro de candidatura para concorrer às eleições deste ano negado pelo TRE-CE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.