TSE retira tempo de propaganda partidária e multa PSDB

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira, 8, cassar seis minutos do tempo de propaganda partidária a que o PSDB tem direito no primeiro semestre deste ano. Além disso, o partido sofreu uma multa no valor de R$ 21,2 mil. O partido teria sido multado por ter veiculado sua propaganda partidária, em 2005, antes do dia 5 de julho, violando um artigo da lei eleitoral em vigor.A representação que resultou na multa foi movida pelo diretório nacional do PT. De acordo com os petistas, na propaganda em questão, o PSDB se valeu de críticas à administração federal conduzida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e enalteceu os oito anos de administração do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.Neste primeiro semestre de 2007, a propaganda em bloco do PSDB deve ser exibida em cadeia nacional de rádio e TV no dia 21 de junho. A agremiação teria direito a 10 minutos de programa, mas só veiculará quatro, segundo o TSE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.