TSE rejeita recurso de Newton Cardoso

O Tribunal Superior Eleitoral negou recurso do ex-governador Newton Cardoso (PMDB) contra decisão que rejeitou suas contas de campanha a senador em 2006. O TRE mineiro rejeitara as contas de Newton por divergências sobre CPF dos fornecedores da campanha. O ex-governador alegou que as irregularidades são de valor "insignificante" (R$ 12 mil) ante a quantia movimentada na campanha (mais de R$ 4 milhões). Mas o recurso foi considerado fora de prazo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.