TSE recebe pedido de registro do PL

A sigla, que foi transformada em 2007 no atual PR, se conseguir obter o registro dá esperanças ao projeto do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, de fundi-la com o seu partido, o PSD

Talita Fernandes e Ricardo Della Coletta, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2015 | 21h44

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu nessa segunda-feira, 23,  um pedido de registro do estatuto, do programa e do órgão de direção nacional do Partido Liberal (PL). A sigla, que foi transformada em 2007 no atual PR, se conseguir obter o registro dá esperanças ao projeto do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, de fundi-la com o seu partido, o PSD.  

No pedido apresentado ao TSE, a sigla afirma ter cumprido todas as exigências legais prevista na resolução da Corte eleitoral para criação de novas legendas.  O partido diz ter obtido 167.627 mil assinaturas, sendo que 67.924 já foram consolidadas e 99.703 foram certificadas. A sigla disse que o restante das assinaturas necessárias para atingir 484.169, o mínimo para registro da sigla, "foi colhido e está em procedimento de certificação perante os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e as Zonas Eleitorais (ZE)". 

Junto ao pedido, o PL registrou que "protocola o pedido antes da conversão em lei do Projeto Normativo da Câmara 23/2015". O projeto, aprovado pelo Senado no início de março, ainda precisa ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff antes de entrar em vigor. Se convertida em lei, a iniciativa dificultará a fusão entre partidos por vedar a junção de siglas que tenham sido criadas a um período inferior a cinco anos. " (O projeto de lei) torna mais rígida a verificação das assinaturas de apoiamento e consigna outras regras que, ao ver do partido, possui vícios de inconstitucionalidade, o que será objeto de questionamento ao tempo e modo apropriados", escreveu a legenda no pedido.

Reservadamente, integrantes do PSD confirmaram ao Estado que ao pedir o registro do PL antes da sanção do projeto de lei cria-se um argumento jurídico que possibilitará a fusão com o PL.

Tudo o que sabemos sobre:
Gilberto KassabPL

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.