TSE pune PSDB por veicular imagem de Alckmin

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta terça-feira punir o PSDB por ter veiculado em sua propaganda partidária imagens do pré-candidato da legenda à Presidência, Geraldo Alckmin. Pela decisão do TSE, os tucanos perderão o direito de transmitir a propaganda partidária no primeiro semestre de 2007.A decisão foi tomada a pedido do PT. O partido alegou que o PSDB estava usando o horário destinado à propaganda partidária para promover eleitoralmente seu candidato a presidente. Segundo o PT, essa exposição de Alckmin violou a lei eleitoral porque a propaganda sobre as eleições somente pode começar no dia 6 de julho.Além da suspensão aplicada ao PSDB, a veiculação de propaganda eleitoral fora de época pode sujeitar o partido responsável ao pagamento de multa de 20 mil a 50 mil Ufirs. Mas o TSE resolveu não impor essa multa ao PSDB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.