TSE nega pedido do governador de SC

O ministro Felix Fischer, do Tribunal Superior Eleitoral, negou pedido do governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), para que duas testemunhas fossem ouvidas e novas provas anexadas ao processo que pede sua cassação. O governador alegou que o prazo para apresentação de defesa teria sido reaberto em função da inclusão do vice-governador, Leonel Pavan, como parte no processo, em setembro. O ministro afirmou que o prazo não foi reaberto. A coligação Salve Santa Catarina, que pede a cassação, acusa o governo de ter feito propaganda ilegal em 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.