TSE nega candidatura de Riva ao governo do Mato Grosso

O Tribunal Superior Eleitoral negou na noite desta quinta-feira registro de candidatura do deputado estadual José Riva (PSD) ao governo do Mato Grosso. Riva foi lançado como candidato pela coligação Viva Mato Grosso, formada por PSD, PTC, PTN, PEN, PRTB e SD.

BEATRIZ BULLA, Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2014 | 00h53

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso havia indeferido o registro do candidato após receber dois pedidos de impugnação com base na Lei da Ficha Limpa.

O deputado responde a mais de cem processos judiciais e possui condenações em colegiado do Tribunal de Justiça do Estado. Ao TSE, a defesa do candidato alegou que não foram cumuladas as condenações por enriquecimento ilícito e dano ao erário em uma mesma sentença, fato que geraria a inelegibilidade nas eleições deste ano.

O relator do caso, ministro João Otávio de Noronha, mencionou no entanto que estão presentes passagens nos processos do candidato que versam sobre o enriquecimento ilícito. O julgamento foi breve no TSE e os demais ministros também decidiram barrar a candidatura do deputado com base na Lei da Ficha Limpa.

O advogado do deputado, José Eduardo Alckmin, afirmou que a decisão sobre levar o caso à frente com recursos vai depender do candidato. "Não me pareceu que a corte tenha entendido o ponto que estamos defendendo, ainda acredito que cabem embargos de declaração", comentou Alckmin.

Tudo o que sabemos sobre:
TSEMato grossoJosé Riva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.