TSE multa Vicentinho por propaganda antecipada

O deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho (PT-SP), foi multado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por fazer propaganda antecipada da candidata à Presidência da República Dilma Rousseff (PT). Vicentinho, que concorre à reeleição em São Paulo, teria feito cometido a irregularidade por meio de seu boletim parlamentar, publicado em abril deste ano.

MARÍLIA LOPES, Agência Estado

22 de setembro de 2010 | 16h23

O informativo, com nome de Revista do Vicentinho, é custeado pela Câmara dos Deputados e deve noticiar as atividades parlamentares. Mas a publicação continha a informação de que um operário já havia sido eleito para a Presidência da República e que, agora, uma mulher estava prestes a fazer o mesmo.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) ajuizou a ação contra Vicentinho por considerar que o texto assumiu "nítida conotação eleitoral, na medida em que fez referência à proximidade das eleições 2010". No parecer do ministro do TSE Joelson Dias, a publicação ultrapassou os limites do que deve conter um boletim parlamentar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.