TSE multa Dilma em R$ 5 mil por prática de propaganda irregular

O motivo foi a instalação de uma placa acima das dimensões legalizadas pela Justiça Eleitoral no comitê da petista no DF

Carol Pires, do estadão.com.br

06 de setembro de 2010 | 15h13

BRASÍLIA - A ministra Nancy Andrighi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) multou nesta segunda-feira, 6, a coligação "Para o Brasil Seguir Mudando", que apoia a presidenciável Dilma Rousseff (PT), em R$ 5 mil, por propaganda irregular. O motivo foi uma placa, de dimensão superior a 4 metros quadrados, afixada na fachada do comitê de campanha de Dilma em Brasília. A ação foi movida pela coligação "O Brasil Pode Mais", do candidato à presidência José Serra (PSDB).

 

A Lei Eleitoral permite a fixação de faixas, placas e outdoors, contanto que não excedam 4 metros quadrados. O TSE havia ordenado a retirada da placa no último dia 19, decisão que foi já cumprida pelo comitê petista. A faixa do comitê petista, que ocupava vários andares do prédio, media cerca de 70 metros quadrados, segundo perito do TSE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.