TSE mantém multa de R$ 53 mil para Vilela

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve multa de R$ 53,1 mil ao governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB), por propaganda eleitoral antecipada na campanha de 2006. A decisão é do ministro-relator Marcelo Ribeiro, que rejeitou recursos. A defesa sustentou que a representação contra o governador não obedeceu ao prazo determinado por lei. Argumentou ainda que Vilela não fez referência à plataforma de campanha, "nem a pedido de voto".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.