TSE livra governador de RR de cassação

Por maioria de votos, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral anularam a decisão do TRE que cassou o mandato de Ancheta Junior (PSDB); tucano ainda deve enfrentar outros processos

Mariângela Gallucci, de O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2011 | 22h50

BRASÍLIA - O governador de Roraima, Anchieta Junior (PSDB), conseguiu se livrar na noite desta terça-feira, 29, de uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Estado que havia cassado o seu mandato por suposto uso da máquina administrativa durante a campanha do ano passado.

Por maioria de votos, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atenderam a um pedido dos advogados do governador para que a decisão do TRE fosse anulada. O TRE tinha cassado o mandato de Anchieta ao concluir que uma rádio oficial teria sido usada durante a campanha para fazer propaganda negativa do principal adversário político do governador, Neudo Campos.

Ao atender ao pedido da defesa de Anchieta, o TSE concluiu que houve um equívoco no processo porque não foi citado o suposto responsável pela irregularidade, o radialista que veiculou as mensagens contrárias a Neudo Campos. Apesar de ter se livrado da cassação, Anchieta enfrenta outros processos que pedem a sua saída do governo.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
cassaçãoAnchieta JuniorRoraimaTSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.