TSE julga processo de cassação de Jackson Lago nesta 5ª

Se o governador do Maranhão for cassado, a 2ª colocada, Roseane Sarney, nas eleições de 2006 tomará posse

AE, Agencia Estado

19 de fevereiro de 2009 | 08h50

Dois dias após a cassação de Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai decidir nesta quinta-feira, 19, o futuro do governador do Maranhão, Jackson Lago (PDT), e do vice, Luiz Porto. Será julgado pedido de cassação dos dois, acusados de abuso de poder econômico e político e compra de votos na eleição de 2006. Se o TSE decidir pela cassação, deverá prevalecer a tese de que o substituto deve ser o segundo colocado na eleição: no caso, a senadora Roseana Sarney (PMDB).     O relator Eros Grau já deu um voto favorável à cassação, mas o julgamento será reiniciado porque o vice-presidente do tribunal, Joaquim Barbosa, se afastou do caso na semana passada alegando razões de foro íntimo. Será substituído por Ricardo Lewandowski.Na última quarta, o presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, disse que o tribunal deverá julgar o mais rapidamente possível os pedidos de cassação que tramitam contra outros 6 governadores: Marcelo Déda (PT-SE), Ivo Cassol (Sem partido-RO), José de Anchieta Júnior (PSDB-RR), Waldez Góes (PDT-AP), Marcelo Miranda (PMDB-TO) e Luiz Henrique (PMDB-SC).

Tudo o que sabemos sobre:
TSEMAJackson Lagocassação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.