TSE julga pedido de cassação de Capiberibe e esposa

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começaram a julgar nesta quinta-feira à noite pedido de cassação do mandato do senador João Capiberibe (PSB-AP) e de sua mulher, a deputada Janete Capiberibe (PSB-AP). O relator do recurso no TSE, ministro Carlos Velloso, e os ministros Peçanha Martins e José Delgado votaram pela cassação dos diplomas de Capiberibe e Janete e pela cobrança de uma multa de R$ 15 mil do casal e do candidato derrotado ao governo do Pará Cláudio Santana.O julgamento foi interrompido por um pedido de vista do ministro Fernando Neves. Além dele, dois outros ministros votarão no caso. O presidente do TSE, Sepúlveda Pertence, só votará se houver empate.O casal de políticos e Santana são suspeitos de fraude e corrupção eleitoral por meio de suposta compra de votos na eleição de 2002. Segundo as acusações, uma operação de busca e apreensão teria encontrado R$ 15.495 na casa de correligionários de Capiberibe e vales-combustível escondidos no forro da residência e dentro de uma casa de cachorro.Duas eleitoras prestaram depoimento e afirmaram ter recebido R$ 26 para votar nos candidatos, informou o TSE. Ao votar, Velloso afirmou que as provas existentes no processo são suficientes para concluir que a livre vontade do eleitor não foi resguardada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.