TSE garante a suplente vaga na Assembleia

O engenheiro Pedro Bigardi (PC do B), que por ordem de número de votos deveria ter assumido a última cadeira de suplente na Assembleia com a saída dos deputados petistas Cido Sério e Sebastião Almeida, conseguiu liminar no TSE para ocupar o cargo. O presidente da Casa, Vaz de Lima (PSDB), havia convocado os suplentes Beth Sahão e Carlos Neder, ambos do PT, para assumir as cadeiras. Bigardi deixou de ser convocado sob o argumento de desfiliação partidária sem justa causa após sair do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.