TSE diz que País registrou 390 ocorrências até as 16h29

O ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), informou há pouco que, até as 16h29, houve 390 ocorrências durante o segundo turno das eleições. Desse total, segundo ele, 235 acabaram com a detenção de cidadãos e 158 sem prisões. "Basicamente, as prisões se deram em virtude de boca de urna", resumiu.

CÉLIA FROUFE E MARIÂNGELA GALLUCCI, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 17h37

O ministro também disse que, das 420 mil urnas distribuídas em todo o País, houve "problemas mínimos" em 1,452 mil aparelhos, o que equivale a 0,36% do total de máquinas distribuídas. "O índice é pequeníssimo", avaliou Lewandowski. Ele salientou que o TSE conta com 40 mil urnas de reservas espalhadas estrategicamente por várias regiões do Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010ocorrênciasTSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.