TSE diz que eleitor não enfrentará fila em 2004

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Nelson Jobim, disse ontem ao fazer uma avaliação do resultado das eleições gerais em todo o país, que os eleitores não deverão mais enfrentar filas para votar no próximo pleito municipal de 2004. Uma das propostas em estudo pelo TSE, é a de criar mais 81 mil seções eleitorais, além das atuais 336.739. Ao participar da Primeira Reunião Conjunta dos Colégios de Presidente e de Corregedores da Justiça Eleitoral em Florianópolis,(SC), o ministro Jobim informou que o TSE está estudando propostas para facilitar a vida do eleitor, como limitar em 400 o número de eleitores por seção eleitoral, e a de utilizar clubes, associações comunitárias, igrejas, além de ampliar o número de escolas públicas e privadas aonde o eleitor poderá exercer seu direito de voto com facilidade e conforto.Nelson Jobim anunciou durante a reunião que o Tribunal vai criar também uma secretaria para cuidar do planejamento das eleições. No encontro que serviu para fazer um balanço do pleito, o ministro Jobim avaliou que todos os esforços da Justiça Eleitoral foram para o desempenho da urna eletrônica e que o eleitor é que deve ter prioridade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.