TSE diz que 145 municípios têm apenas um candidato a prefeito

Número corresponde a cerca de 2,6% das cidades brasileiras; dados do tribunal ainda podem ser alterados

Da redação,

23 de julho de 2008 | 12h03

Segundo o sistema "Estatística TSE Eleições 2008", do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há 145 municípios brasileiros com apenas um pedido de registro de candidatura para o cargo de prefeito, que será disputado no próximo dia 5 de outubro. Segundo nota do TSE, são municípios espalhados por 19 Estados, nas cinco regiões. A última atualização foi feita na noite de terça-feira, 22, e os dados ainda podem ser alterados. O número corresponde a cerca de 2,6% dos 5.565 municípios brasileiros.  Veja também:Juízes divulgam lista de candidatos 'ficha-suja' Saiba quem são os candidatos com a ficha suja  Calendário eleitoral das eleições deste ano  TSE decide que candidatos com ficha suja podem concorrer  Os municípios que se encontram nessa condição são, em sua maioria, pequenos em termos de população e eleitorado. A Lei das Eleições afirma que nas eleições municipais em localidades com menos de 200 mil eleitores inscritos, "será considerado eleito prefeito o candidato que obtiver a maioria dos votos, não computados os em branco e os nulos". Segundo nota do TSE, as cidades de Lagoa Santa (GO), Santiago do Sul (SC), Lavandeira (TO), Viçosa (RN) e Jardim Olinda (PR) estão entre as localidades que se encontram nessa situação. Esses são municípios com pequenos colégios eleitorais, na casa de mil a 1.500 eleitores.  Os Estados com maior número de municípios com candidatura única à prefeitura - até a última atualização do sistema - são Rio Grande do Sul, com 31; Paraná, com 23; São Paulo, com 21; e Minas Gerais, com 20. Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Pernambuco, Rondônia e Roraima são os sete estados onde não aparece nenhum município nessa situação. Até a noite desta terça-feira, no sistema do TSE, Rio das Ostras (57,6 mil eleitores), no Rio de Janeiro, Icó (mais de 48 mil eleitores), no Ceará, e Cristalina (27,4 mil votantes), em Goiás, eram os municípios com maiores colégios eleitorais que ainda apresentavam candidatura única para o cargo de prefeito. Maior número Na outra ponta da lista, Rio de Janeiro (RJ), com 12 candidatos, São Paulo (SP) e São Luís (MA), com 11, e Três Corações (MG), com dez, são os municípios com o maior número de pretendentes ao cargo de prefeito. Na média, os municípios brasileiros devem contar com dois ou três candidatos ao cargo de prefeito, nas eleições de 2008. Até o momento, o sistema do TSE registra 2.774 municípios com disputada polarizada, e 1.616 com três candidaturas.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições municipais

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.