TSE determina que deputado deixe cargo

O deputado estadual do Amapá Jorge Elson (PCB) terá de deixar o cargo. A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele é acusado de ter utilizado o Instituto Sócio Cultural e Ambiental do Amapá (Isama) para oferecer cursos gratuitos de informática a mais de mil pessoas em troca de votos dos alunos. Em recurso, o deputado alegou que não havia prova suficiente para justificar a cassação, mas seu argumento não foi aceito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.