TSE confirma multa para Lula por propaganda eleitoral

Para corte, presidente cometeu infração em favor de Dilma em solenidade em maio de 2009

Ricardo Valota, Agência Estado

02 de junho de 2010 | 08h42

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve na segunda-feira, 31, a multa de R$ 5 mil, aplicada em abril, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva por propaganda eleitoral antecipada da pré-candidata Dilma Rousseff em uma solenidade oficial realizada em Manguinhos, no Rio de Janeiro, em maio de 2009.

Em abril, o ministro auxiliar Joelson Dias entendeu que o presidente fez propaganda extemporânea em favor de Dilma no evento de inauguração de um complexo poliesportivo na cidade fluminense. Além da participação de Lula, a cerimônia contou com a presença da pré-candidata, que na ocasião ainda ocupava o cargo de ministra da Casa Civil.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçãoTSEmultaLulaRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.