TSE confirma cassação de José Carlos Gratz

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)confirmaram a cassação do registro da candidatura à reeleição do ex-presidente da Assembléia Legislativa do Espírito Santo José Carlos Gratz. O ex-deputado foi eleito em outubro, mas não assumiu o mandato porque o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Estado impediu a sua diplomação. Conforme o relator do recurso no TSE, ministro Luiz Carlos Madeira, o ex-presidente da Assembléia valeu-se de obras e recursos públicos para tentar manipular a vontade dos eleitores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.