TSE cassa mandato do prefeito Sebastião Curió, no PA

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou hoje a cassação do mandato do prefeito de Curionópolis (PA), Sebastião Curió (PMDB), tenente-coronel que ficou conhecido com um dos responsáveis pelo fim da Guerrilha do Araguaia. Em maio de 2006, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) já havia cassado Curió, que foi condenado por compra de votos e abuso do poder econômico, e determinado seu afastamento imediato do cargo.Curió, entretanto, conseguiu uma liminar no TSE que garantiu sua permanência na prefeitura até este ano. A cassação do mandato foi pedida pelo segundo colocado nas eleições municipais de 2004, João Chamon Neto. Sebastião Curió fundou a cidade de Curionópolis, no sul do Pará, em 1989.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.