TSE brasileiro dá ajuda ao Paraguai

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está formatando um plano de automatização das eleições para o governo do Paraguai. Três técnicos do Tribunal Supremo de Justiça Eleitoral (TSJE) e dois interlocutores da Organização dos Estados Americanos (OEA) desembarcaram na capital brasileira, nesta semana, para tratar da implantação de urnas eletrônicas nas próximas eleições paraguaias, em novembro. O projeto é informatizar integralmente o processo eleitoral em três dos 232 municípios do Paraguai, atingindo inicialmente 1% do eleitorado daquele país. O sistema será adotado progressivamente. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Paraná cederá 130 urnas para o governo paraguaio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.