TSE bloqueia repasse de fundo partidário ao PTB

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reprovou as contas do Partido dos Aposentados da Nação (PAN) referentes ao exercício de 2005 e, com isso, bloqueou o repasse da quota do fundo partidário destinada ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), que incorporou o PAN. De acordo com relatório do ministro Ari Pargendler, o PTB foi notificado em inúmeras oportunidades, desde 2006, para apresentar justificativas. Como o partido não se manifestou, foi ratificada a desaprovação das contas do PAN.

PAULO R. ZULINO, Agencia Estado

14 de março de 2008 | 11h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.