TSE barra repasse de verba partidária ao PSTU por 1 ano

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desaprovou a prestação de contas do PSTU referente ao exercício de 2003 e suspendeu o repasse de verbas do Fundo Partidário à legenda durante um ano. A decisão foi divulgada hoje. Segundo o TSE, o ministro Carlos Ayres Britto informou que o PSTU teve diversas oportunidades para sanar as irregularidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.