TSE aprova esquema de segurança especial para o Rio

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram nesta quinta-feira a adoção de um esquema de segurança especial pelas Forças Armadas durante a semana da eleição na cidade do Rio de Janeiro. Pela decisão do TSE, a partir deste domingo (30) as tropas federais reforçarão a segurança para que funcionários da Justiça Eleitoral e candidatos possam entrar em locais onde hoje são impedidos pelas milícias e pelo tráfico de drogas.

MARIÂNGELA GALLUCCI, Agência Estado

27 de setembro de 2012 | 22h02

A decisão foi tomada com base no voto da presidente do TSE, Cármen Lúcia Antunes Rocha. Ela destacou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio e o governo do Estado concordam com o reforço na segurança. Segundo a ministra, a medida tem o objetivo de garantir o processo eleitoral em áreas ainda não pacificadas. O vice-presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, votou contra essa antecipação da atuação das Forças Armadas.

Além de ter autorizado o envio das tropas para a cidade do Rio, os ministros aprovaram pedidos de reforço de segurança pelas forças federais no dia da eleição em outros municípios do Estado, como Cabo Frio, Itaboraí, Campos, Magé, São Gonçalo, Rio das Ostras e Macaé. Homens das Forças Armadas também atuarão em cidades de outros Estados brasileiros durante o dia da eleição.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012RioTSEtropas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.