Susan Walsh/ AP Photo
Susan Walsh/ AP Photo

AO VIVO

Eleições: 2020: notícias, resultados e apuração do 2° turno

Trump chega à ONU e diz que Bolsonaro 'é um bom homem'

Na véspera da abertura da Assembleia-Geral das Nações Unidas, presidente norte-americano elogia, mas não confirma encontro com brasileiro

Beatriz Bulla, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2019 | 13h36

NOVA YORK - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta manhã que o presidente Jair Bolsonaro “é um bom homem”, mas não confirmou se irá se encontrar com o brasileiro. 

O americano fez a observação sobre Bolsonaro ao deixar reunião dentro da Organização das Nações Unidas (ONU) e ser questionado por duas jornalistas brasileiras se iria se encontrar com Bolsonaro em Nova York.

O presidente do Brasil desembarca na tarde desta segunda na cidade, onde fará a abertura da Assembleia-Geral da ONU amanhã. Veja tudo sobre o evento na cobertura especial do 'Estadão'. 

Bolsonaro tem sido alvo de críticas da comunidade internacional, especialmente de europeus, sobre a política ambiental que tem adotado e o aumento das queimadas na Amazônia. Trump tem sido o maior fiador do brasileiro no cenário internacional, diante dos expressos sinais do Planalto e do Itamaraty de que o governo Bolsonaro quer inaugurar uma “nova era” nas relações entre Brasil e Estados Unidos.

Trump já retirou os EUA do acordo climático de Paris e já sugeriu que o aquecimento global é uma invenção dos chineses. O discurso do governo brasileiro, portanto, de que há um “alarmismo” sobre a questão ambiental para fins políticos encontra respaldo dentro da Casa Branca.

Bolsonaro chegou a dizer que teria um jantar com Trump em Nova York. Até agora, o compromisso não consta em sua agenda oficial e não é confirmada pelo Itamaraty. Trump não confirmou tampouco se vai se reunir com o brasileiro. O presidente do Brasil tem uma agenda limitada na cidade, em razão da sua recuperação após cirurgia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.